2960 Loopdale Lane Kissimmee - FL 34741
11 3230-2323
info@gobluetravel.com

Entenda a diferença de fuso horário entre Orlando e o Brasil

Azul Travel - Sua Casa de Férias dos sonhos em Orlando

Você está planejando a sua viagem para Orlando para os próximos meses, certo? Na sua lista de checagem você já verificou as melhores opções de hospedagem, passagens, atrações turísticas e até os estabelecimentos brasileiros por lá. Mas, você já prestou atenção na diferença de fuso horário entre Orlando e o Brasil?

Para não perder nenhum momento da viagem, não sentir o cansaço do voo e saber exatamente quando ocorre cada evento na cidade encantada, é importante ter conhecimento sobre os três diferentes fusos horários entre os dois países durante o ano. Como estamos próximos da costa leste norte-americana, a distância temporal não é tão grande da Flórida para Brasília, como seria para Califórnia, por exemplo.

Diferença do fuso horário em Orlando

Com base no horário de Brasília, a cidade de Orlando permanece longa parte do ano apenas com uma hora de diferença do nosso país, mas temos que prestar atenção nas variações de horários sazonais. Vamos a elas:

  • desde 15 de outubro de 2017 a 4 de novembro de 2017, a diferença é de duas horas, ou seja, enquanto em Orlando são 18h, aqui serão 20h, por exemplo. O motivo é o começo do horário de verão no Brasil.
  • entre 5 de novembro de 2017 e 17 de fevereiro de 2018, a diferença passa para três horas. Portanto, enquanto na Flórida as atrações começam às 9h, aqui será ao meio-dia. A razão, mais uma vez, é relacionada à estação, pois começa o horário de inverno na América do Norte (Estados Unidos e Canadá).
  • de 18 de fevereiro de 2018 a 10 de março de 2018, o horário volta a ser apenas de duas horas, isto é, enquanto em Orlando será meio-dia, em Brasília serão 14h, por exemplo. Isso porque se encerra o horário de verão em terras brasileiras.
  • já a partir do dia 11 de março, os países estabelecem uma hora de diferença, porque é encerrado o horário de inverno no hemisfério norte, e assim seguem até o próximo mês de outubro.

Previna-se para não sofrer com o jet lag

A famosa expressão “jet lag” usada pelos viajantes nada mais é que o cansaço causado pela viagem e diferença de fuso horário. Quanto mais longe, mas incômoda pode ser a mudança para o seu organismo. Se você planeja viajar com as crianças, redobre a atenção. Os pequenos podem ter mais dificuldade a se acostumarem com uma nova rotina.

Como a distância é relativamente curta entre o horário de Orlando e as cidades brasileiras, é fácil adaptar a sua rotina de alimentação e sono durante sua estadia. Logo quando chegar ao local, tente fazer o que as outras pessoas estão fazendo naquela hora.

Em outras palavras, se for a hora do almoço, almoce, mas se estiver no meio da tarde, faça uma caminhada ao redor do bairro para conhecer a vizinhança, ao invés de ir cair no colchão.

Controle o seu fuso horário desde dentro do avião

Outra dica é começar a sua adaptação durante o voo. Em média o trajeto aéreo de São Paulo, por exemplo, para Orlando é de nove horas, sem escalas. São longas horas para você trabalhar os processos de sono e alimentação adequadamente.

Voos noturnos são mais recomendados nesses casos, pois, após o serviço de bordo na hora do jantar, você pode relaxar, ver um filme ou dormir. A tripulação começa a servir o café da manhã apenas ao amanhecer, pouco antes do desembarque. É importante, no entanto, não ingerir medicamentos ou álcool, pois podem estimular a falta de sono ou o oposto, dependendo de cada organismo.

Agora que você já sabe como organizar seu relógio biológico e os outros fatores para o fuso horário em Orlando, que tal dar mais um passo para sua viagem? Deixe um comentário sobre em que pé anda seus planos para viajar ou as suas experiências com os diversos fusos horários no mundo. Compartilhe conosco e todos os nossos leitores!

Um comentário

  1. Manter na escrita, ótimo trabalho!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *